Como surgiu o espiritismo no Brasil e sua origem

A doutrina Espírita surgiu no ano de 1857, na França, a partir dos estudos e investigações de Hippolyte Léon Denizard Rivail, que tempo depois assumiu o pseudônimo de Allan Kardec, conhecido hoje em dia por pessoas espíritas e não espíritas.

Allan Kardec era um homem muito culto, autor, tradutor de obras voltadas ao ensino e pedagogo. Além disso, Allan Kardec possuía também um alto senso crítico, e acima de tudo, investigativo, o qual o levou a começar a investigar alguns acontecimentos considerados paranormais para a época.

O grande marco de seus estudos e investigações foi o fenômeno das “Mesas Girantes”, no qual as mesas e demais objetos se movimentavam, de forma involuntária, ao redor das pessoas que estivessem próximas.

História do espiritismo e como surgiu

história do espiritismo e como surgiu

A partir disso, Allan Kardec desenvolveu a teoria de que o movimento desses objetos se dava graças à interferência de pessoas que já tiveram passagem na Terra, e que agora são consideradas mortas. Disso, surgiu então o princípio do espiritismo, o qual acredita que as pessoas que já estiveram na Terra e hoje estão mortas são desencarnadas, que vivem no Mundo dos Espíritos.

Segundo Allan Kardec, essas interferências dos espíritos, só se dá, de fato, na presença de certas pessoas que ainda residem na Terra, que atuam então como intermediários. Para o espiritismo, esses intermediários são os conhecidos médiuns.

Com base nessa primeira pesquisa e estudo, Allan Kardec começou a trabalhar então com a ideia de compreender a realidade da sociedade com base na orientação dos espíritos, dando origem assim à Doutrina Espírita.

Leia também:

 

Doutrina espirita

A partir da tese de acreditar que os espíritos poderiam mostrar os ensinamentos da Doutrina Espírita, Allan Kardec desenvolveu então, cinco obras, consideradas as cinco obras básicas essenciais do espiritismo, as quais levam a compreender a influência dos espíritos sobre o mundo material. São eles:

  • O livro dos espíritos, que traz os principais fundamentos do espiritismo;
  • o livro dos Médiuns, que aborda a prática da doutrina espírita e o desenvolvimento da mediunidade;
  • o Evangelho segundo o espiritismo, que traz os ensinamentos de Jesus com base na interpretação do espiritismo;
  • o Céu e o Inferno, que mostra a imortalidade do espírito e explica a justiça Divina de acordo com os princípios do espiritismo,
  • e o último, a Gênese, que explica a origem espiritual e orgânica da natureza, os sinais dos tempos e a nova geração.

 

Vídeo | Quando surgiu o Espiritismo?


 

Deixe um comentário

*